A família é um dos maiores, se não, o maior bem que uma pessoa pode ter na vida. Se a família é algo tão importante, por que a maioria das pessoas não faz qualquer tipo de seguro para deixá-la mais protegida contra as adversidades da vida? Já está mais do que na hora de mudar isso. Afinal, se as pessoas fazem seguro para suas residências ou para seus automóveis, por que não fazer para sua família?

Para contratar um seguro familiar, no entanto, é preciso estar atento. Você deve ler as cláusulas de contrato com atenção e entender quais os benefícios ali elencados. Procurar uma instituição que seja idônea e conhecida no mercado de seguros também é fundamental.

.

O seguro familiar

Existem no mercado de seguro várias modalidades de proteção para a sua família. Cada uma delas garante assistência às pessoas de que você mais ama em momentos difíceis. Em geral, ao contratar alguma modalidade, você garante o ressarcimento de prejuízos materiais.

Mas não é só para evitar a perda de bens que um seguro para sua família existe. Há tipos de contrato que garantem uma renda, em caso de fatalidades, ou podem oferecer assistência de saúde durante uma viagem. São muitas as opções no mercado.

Uma outra coisa importante a ser feita antes de assinar o contrato do seguro tem a ver com a questão financeira de sua família. É preciso que o valor de um ou mais tipos de seguro caibam no seu orçamento. Por isso, pondere o que for melhor para vocês. Existem seguros de cobertura básica, um pouco mais barato, mas que garantem o mínimo de bem-estar e segurança.

Tipos de seguro familiar

Vamos explicar a seguir as diferentes modalidades de seguro familiar e as suas especificidades.

1. Seguro de vida
O seguro de vida tem como objetivo fundamental assegurar a subsistência de uma família que passar por algum tipo de fatalidade. Isto quer dizer que caso o provedor da família ou outro segurado venha a óbito, tanto por acidente quanto por causas naturais, a corretora de seguros faz o pagamento da indenização aos seus entes queridos.

Obviamente, esta reparação não será feita durante todos os anos em que os familiares viverem. Eles recebem logo que o segurado falece. Assim, podem ter um tempo maior para organizar as finanças e recompor suas vidas.

Existem seguros de vida que pagam indenização no caso de doenças graves e invalidez temporária ou permanente. Quando o contrato do seguro prevê esse tipo de ressarcimento, a família adquire assistência financeira para pagar os tratamentos necessários e/ou para manter a sobrevivência da família.

2. Seguro-residencial
Todos aqueles que possuem imóveis sempre temem que algum problema possa acontecer com ele. E estes problemas vão desde incêndios a roubos e furtos. Para proteger esse bem que pertence à família é que muitos contratam o seguro-residencial.

O seguro-residencial também pode ser contratado caso o seu imóvel seja usado para alugar ou para a moradia de outras pessoas que não são exatamente da família. Desta forma, caso algum acidente aconteça, os donos não irão perder a fonte de renda.

Os seguros-residenciais podem incluir, ainda, proteção a outros tipos de bens valiosos, por meio de coberturas adicionais. Elas incluem também o cuidado com instalações elétricas e assistência 24 horas para reparos domésticos; isso deve ser definido ao fechar contrato.

3. Seguro-viagem
A contratação de um seguro-viagem é fundamental para que sua família possa viajar de férias sem qualquer preocupação, caso haja algum tipo de acidente ou doença durante o período fora de casa. Ele é importante porque, em geral, um plano de saúde tem uma rede hospitalar muito restrita em estados e municípios fora daqueles de sua contratação. Além do mais, em caso de viagens dentro do Brasil, ficar dependente do Sistema Único de Saúde (SUS) pode ser muito preocupante.

O seguro-viagem garantirá à sua família atendimento médico durante todo o período da viagem de férias. Inclusive pode garantir assistência em problemas como perdas de bagagem, problemas com o voo ou o hotel etc.

4. Seguro do automóvel
Outro bem importante para uma família, o carro ou moto, precisa de seguro contra acidentes ou roubo. Quem vive em cidade grande convive bastante com esses problemas. O seguro de automóvel oferece cobertura contra colisão, roubo, incêndio, dano, furto e até queda de raio.

O seguro-auto também pode vir acompanhado de um seguro de responsabilidade civil que pode ser utilizado para pagar as despesas hospitalares de terceiros envolvidos em um acidente, além de servir também para arcar com despesas com acordos feitos na Justiça ou extrajudicialmente. Ou seja, cobre danos morais, materiais e pessoais.

Esse tipo de seguro é voltado para os motoristas profissionais e proprietários de veículos que carregam passageiros, como Uber, Táxis e veículos escolares. Esse seguro cobre despesas hospitalares de passageiros que tenham sido vítimas de acidentes, ou ainda gerar indenização por morte ou invalidez a estes indivíduos, a depender do contrato assinado.

Obter uma cotação grátis hoje!